Riscos positivos ou oportunidades

Os riscos são eventos futuros ou condições que têm alguma probabilidade de ocorrer e que têm algum impacto no seu projecto. Normalmente pensamos em riscos como algo negativo e tentamos planear de modo a garantir que o risco desapareça. Mas será que todos os riscos são negativos? Suponhamos que o seu projecto irá utilizar uma nova ferramenta ou tecnologia. Fará sentido assumir que o seu projecto será mais arriscado do que um projecto semelhante que usa a tecnologia actual?

Há primeira vista isto parece estar correcto. A sua equipa provavelmente está mais à vontade com a tecnologia actual, esta é provavelmente mais estável e existe mais suporte. Por outro lado, a nova tecnologia não é bem conhecida, há mais oportunidades para problemas e não existe um suporte garantido para o caso de algo correr mal. Mesmo sem compreendermos a nova tecnologia, faz sentido assumir que um projecto que utilize nova tecnologia é mais arriscado do que um projecto semelhante que utilize a tecnologia actual (existem excepções, mas isto é geralmente verdade).

Mas, se é verdade que os projectos que utilizem nova tecnologia são mais arriscados, então porque levamos adiante um projecto com nova tecnologia? A resposta, claro, é que percebemos que existe um benefício para o projecto. Por outras palavras, o potencial impacto no nosso projecto é positivo. Isto ainda vai de encontro à nossa definição de risco.

Existe um impacto no nosso projecto. Normalmente os riscos têm um impacto negativo no projecto. No entanto, com riscos positivos existe um potencial impacto positivo.

Existe uma probabilidade do risco ocorrer. Isto também se aplica aos riscos positivos. No nosso exemplo anterior, se os benefícios em adoptar a nova tecnologia fosses garantidos, podíamos tomar a decisão de avançar com 100% de confiança. No entanto, normalmente os benefícios não são garantidos. A tecnologia, ou a nossa implementação da tecnologia, pode correr mal, em ambos os casos ficamos numa situação pior do que quando começámos.

Um risco positivo também é chamado “risco de oportunidade”. Nestes casos, o gestor do projecto ou a equipa podem introduzir risco para tentar obter benefícios mais tarde. Um aspecto importante do risco positivo é que colocamo-nos voluntariamente numa posição de correr riscos porque percebemos as vantagens em fazer isso.

Cada organização tem a sua tolerância ao risco. Lembre-se que todos os riscos têm uma probabilidade de ocorrer. Se correu um risco e falhou, o que acontece? Se a sua organização recompensa quem corre riscos e tem sucesso e penaliza quem corre riscos e falha, então tem realmente aversão ao risco.

Normalmente, quando gerimos os riscos em projectos, falamos de potenciais impactos negativos. No entanto, também pode identificar riscos que conduzam a resultados positivos. Neste caso, o seu plano de riscos deverá incluir actividades destinadas a aumentar a probabilidade do risco se concretizar.